Manual para operar na bolsa de valores

Manual Para Operar Na Bolsa De Valores - R.Monteiro

Investir na bolsa de valores pode ser uma ótima opção para alcançar lucros mais significativos. Contudo, é preciso conhecer essa forma de investimento e estar por dentro de todas as suas implicações. Por isso, no artigo de hoje, vamos trazer um manual geral com dicas e explicações de como é possível operar na bolsa de valores e obter bons resultados. Atenção aos próximos parágrafos e siga com a leitura até o final do texto, separamos uma dica bônus para você organizar suas finanças. 

Neste artigo vamos falar sobre:

  • Primeiros passos na bolsa de valores: o que é preciso ter antes de começar 
  • Como é possível operar na bolsa de valores 
  • Quanto é preciso para operar na bolsa de valores 
  • Quais as estratégias para operar na bolsa de valores 
  • Quais os custos de impostos para operações na bolsa de valores 
  • Dica bônus para organizar suas finanças depois de operar na bolsa de valores 

Primeiros passos na bolsa de valores: o que é preciso ter antes de começar 

Para começar a investir dinheiro em ações e outros títulos disponíveis nas operações da bolsa de valores é preciso atenção e apreciar o risco. Isso porque, esse tipo de aplicação envolve uma dose de aventura. As flutuações nos mercados são constantes e, muitas vezes, os cenários incertos tornam os ganhos igualmente incertos. 

Contudo, para quem está disposto a esse tipo de emoção e para quem gosta de acompanhar o noticiário, a bolsa de valores é um bom caminho para buscar rentabilidade. Para tanto, é necessário ter uma conta ativa em uma corretora de valores, dispor de algum saldo nesta conta e manter-se constantemente por dentro das informações do mercado financeiro e universo político ao redor do globo. 

Como é possível operar na bolsa de valores 

Para começar a comprar e vender ações na bolsa de valores é possível escolher duas formas de comprar esse tipo de ativo. A primeira é através do mercado padrão, no qual as negociações são feitas em lotes de 100 ações, o que implica um valor maior para começar. 

Porém, é possível começar investindo valores bem menores, comprando ações de maneira fracionada. Para isso existe o mercado fracionário, no qual são negociadas desde 1 até 99 ações. 

Em ambos os casos, o investidor irá procurar o ticker, que é o código pelo qual cada ação é negociada. A diferença entre os tickers do mercado padrão e do mercado fracionário é que o código em questão irá terminar com a letra “F” quando se referir à ação fracionada. Por exemplo: MGLU3 corresponde à empresa Magazine Luiza e a MGLU3F ao fracionário da Magazine Luiza. 

Além da compra de ações, é possível buscar outros tipos de investimentos na bolsa de valores. São eles os BDRs, os EFTs, os Fundos Imobiliários e o Índice Futuro. 

Os BDRs são recibos de empresas norte-americanas que variam de preço de acordo com a variação do preço do dólar. É um ativo que exige bastante atenção, mas pode ser uma boa opção para internacionalizar os investimentos na bolsa de valores

Já os ETFs são fundos de investimentos que replicam costumam replicar determinados índices, como o Bovespa, por exemplo. 

Outra opção são os Fundos Imobiliários que são bem parecidos com a lógica da compra de ações. Todavia, eles são lastreados por imóveis como shoppings, galpões, etc. O diferencial desse tipo de investimento da bolsa de valores é que 95% dos seus lucros são distribuídos entre os cotistas. 

Há ainda o Índice Futuro que consiste em adquirir contratos com datas de vencimento pré-fixadas no futuro. Esse tipo de investimento também exige bastante atenção e conta com regras específicas. 

Quanto é preciso para operar na bolsa de valores 

Como vimos no tópico anterior, não é preciso dispor de muito dinheiro para começar a comprar ações na bolsa de valores. Entretanto, é preciso prestar atenção em alguns detalhes importantes: a B3, bolsa na qual as operações são feitas no Brasil, cobra uma taxa e as corretoras de valor também cobram taxas de corretagem. Por isso, é preciso considerar essas taxas quando pensar em um valor para deixar disponível para investimentos. 

Vale lembrar que a taxa das corretoras incide sobre cada ordem, ou seja, cada operação feita, não importando o número de ações adquiridas. Significa que você pode comprar 1 ação na bolsa de valores, ou comprar um lote de 100, você pagará a mesma taxa. 

Também é preciso ter em mente que a liquidação financeira, ou seja, a realização da compra das ações, acontece em dois dias úteis a partir do dia da compra. Ou seja, você precisa garantir que o terá saldo no valor correspondente à compra 2 dias depois de ter começado essa operação. 

Quais as estratégias para operar na bolsa de valores 

Existem diferentes meios de comprar e vender ações na bolsa de valores. Nesse tópico vamos listar 3 estratégias possíveis: 

Day trade: aqui o investidor compra e vende as ações no mesmo dia, apostando na queda do ativo. 

Swing trade: o comportamento do investidor é bem parecido com o Day trade, mas, nesse caso, é preciso esperar a ação bater um determinado valor para vendê-la. 

Buy and hold: nesse caso, o investidor compra a ação e a mantém por muito tempo, contando com a sua valorização. 

Quais os custos de impostos para operações na bolsa de valores 

Operar na bolsa de valores implica em declarar essas movimentações no Imposto de Renda anual. Esse tópico rende um artigo específico, já que cada tipo de operação pode contar com uma tributação específica. 

Porém, de maneira geral, se você não obter lucros mensais superiores a 20 mil reais nas operações de compra e venda de ativos na bolsa de valores, tem isenção de pagamento de imposto. Entretanto, caso você tenha comprado e/ou vendido ativos de BDRs, ETFs, Fundos Imobiliários essa isenção não vale. 

Dica bônus para organizar suas finanças depois de operar na bolsa de valores 

Agora que você compreendeu um pouco mais sobre o universo dos investimentos na bolsa de valores, é hora de lembrar que todo tipo de movimentação financeira exige planejamento e gestão. 

Se você está buscando meios de obter mais recursos para investir no seu negócio e precisa organizar o caixa do seu empreendimento, a RMonteiro tem a solução ideal para você. Fazemos a gestão financeira da sua empresa e acreditamos que a contabilidade não precisa ser complicada. Acesse nosso site e entre em contato com a gente. 

Classifique nosso post [type]

Deixe um comentário

Últimos posts:

Categorias
Arquivos
Recomendado só para você
A tecnologia transformou toda a nossa realidade, desde a comunicação,…
Cresta Posts Box by CP