Empresários do Simples Nacional devem se atentar às NFes

Empresários Do Simples Nacional Devem Se Atentar às Nfes - R.Monteiro

Qual a principal mudança para os empresários que emitem notas fiscais pelo Simple Nacional?

Diferentemente do que acontecia, até o recente 2017, as empresas que optavam pelo Simples Nacional, selecionavam a alíquota do ISSQN ou ICMS, de acordo com as tabelas do Simples Nacional, ou seja, essas alíquotas eram pré estabelecidas e encontradas com base nos 12 meses de faturamento. 

Com as alterações da Lei Complementar do Simples Nacional, a partir de Janeiro/2018 as alíquotas serão informadas de acordo com a repartição do Imposto, sobre a alíquota efetiva da Contribuição do DAS, ou seja, não haverão alíquotas pré estabelecidas, podendo ser qualquer percentual maior que 2% e não ultrapassando 5%.

Principais mudanças do Simples Nacional: 

• A forma de cálculo do Simples Nacional: passará a ser como uma espécie de ‘regra de três’, semelhante a forma de cálculo do IRPF.


• Novo limite de Receita Bruta: O Limite de Receita Bruta permitida passou a ser R$ 4.800.000,00.


• Faturamento superior ao R$ 3.600.000,00: ICMS e ISS serão recolhidos a parte e administrados diretamente pelos Entes responsáveis.

Maiores informações, entre em contato com a Equipe da R.Monteiro

Classifique nosso post [type]

Deixe um comentário

Últimos posts:

Categorias
Arquivos
Recomendado só para você
Todas as pessoas jurídicas que desenvolvem as atividades listadas nos…
Cresta Posts Box by CP