A importância da gestão tributária nas empresas é muito grande. Isso porque uma gestão tributária eficiente é a chave para o sucesso de uma organização.

A interpretação correta das leis, o acompanhamento das novidades da legislação e o impacto que elas terão dentro de um negócio assegura o pagamento correto dos impostos e, principalmente, a análise da possibilidade de redução de carga tributária, ajudando no fluxo de caixa e na tomada de decisão.

No Brasil, a realidade tributária é bem complexa e ampla. Existem diversos tributos, taxas e contribuições a serem analisadas e recolhidas dentro dos segmentos das empresas.

Além dos tributos, o famoso leão ainda coloca diversas obrigações acessórias que precisam ser entregues com composição dos cálculos e movimentações das empresas. Ele aplica multas severas pelo não cumprimento, o que chama ainda mais atenção para a importância da gestão tributária nas empresas.

Mais vantagens da gestão tributária

Com a gestão tributária, é possível decidir e analisar minuciosamente em qual regime tributário a empresa poderá se enquadrar. Tudo isso dentro das possibilidades que o governo disponibiliza:

A importância da gestão tributária nas empresas e o Simples Nacional:

De simples ele não possui mais nada com as mudanças feitas em 2018. As empresas têm um limite de R$ 4,8 milhões anuais, mas precisam se atentar às particularidades se ultrapassar o sublimite de R$ 3,6 milhões.

Lucro Presumido:

Se a empresa não se enquadrar mais no simples nacional, o lucro presumido pode ser a próxima opção. O limite de faturamento para essa opção é de R$ 78 milhões anuais e os impostos federais são tratados pela cumulatividade.

Lucro Real:

Entendendo a importância da gestão tributária nas empresas, é preciso ressaltar que alguns ramos são obrigados a se enquadrar no regime de lucro real.

Normalmente isso é o mais indicado para indústrias e empresas com altos custos de manutenção de suas atividades. Nesse regime, trabalhamos no modelo de não cumulatividade, ou seja, “débito – crédito”. Tudo que estiver relacionado com a atividade gera um crédito nos tributos estaduais e federais.

A importância da gestão tributária nas empresas: Problemas de enquadramento

Quando falamos sobre a importância da gestão tributária nas empresas o que mais vemos, normalmente, são empresas enquadradas no regime incorreto. Ou seja, a empresa está sendo apurada pelo regime do Lucro Real, por exemplo, sem ter despesas o suficiente que gere benefícios, podendo, talvez, ser apurada pelo Simples Nacional.

Para a decisão mais assertiva é necessário entender a importância da gestão tributária nas empresas e efetuar essa análise pelo menos uma vez ao ano. De preferência no final do ano, para início do novo exercício com os dados atualizados de faturamento e andamento do fiscal de acordo com a tomada de decisão.

Leia também: A importância do planejamento tributário

Cuidados com a gestão tributária

A gestão tributária está presente em muitos momentos dentro da organização. Você sabia que, por exemplo, para realizar uma venda de um produto novo é necessário analisar todos os tributos envolvidos, para nortear o custo de venda? Pois bem, é muito necessário!

Se a empresa efetuar um lançamento, como citado, sem a devida análise tributária e sem verificar todos os cenários para aquela venda, poderá vender o produto com o preço errado e recolher os tributos incorretamente. E acabar lesando o seu próprio fluxo de caixa e pior… lesando o fisco, podendo ser fiscalizado e autuado.

É bom reforçar a importância da gestão tributária nas empresas, pois ela não pode ser tratada como mágica. O que é feito é uma profunda análise do negócio, evidenciando o que poderá melhorar, utilizando as alternativas legais. Um planejamento tributário bem-feito e detalhado colocará a empresa novamente na corrida da competitividade e irá expandir os negócios para outro patamar.

E você, empresário e administrador, já fez uma análise tributária do seu negócio? Nunca é tarde para recalcular a rota e tomar um fôlego, principalmente em cenários de crises.

Share This