Já ouviu a sigla “sistema ERP” ou leu em algum blog e não faz ideia do que significa?

Hoje iremos explicar um pouco sobre o assunto para ajudar você: empreendedor que está sempre engajado em buscar as melhores soluções tecnológicas e garantir o crescimento da sua empresa.

A pandemia obrigou muitos setores, independente do ramo de atividade, a buscar ferramentas que auxiliam, controlam e transparecem toda a movimentação financeira da empresa. Além de possibilitar algum tipo de análise de recursos, fluxo de caixa, entre outros.

Dessa forma, antes de entender a importância de um sistema ERP, precisamos compreender esse termo. Além de observar de uma forma clara e resumida quais suas principais características e como poderá ajudar a gestão do seu negócio.

O que significa sistema ERP?

O sistema ERP do inglês Enterprise Resource Planning tem sua tradução literal em Planejamento de Recursos Empresariais. Ele nada mais é do que um sistema de gestão financeira com integração entre áreas. De forma mais lúdica, podemos dizer que dentro de um único sistema é possível fazer a gestão de todos os departamentos ou divisões de acordo com a estrutura comercial da empresa.

Existem inúmeros ERP’s disponíveis no mercado, a maioria inclusive já funciona em nuvem. Isso possibilita o acesso de qualquer lugar ou equipamento, precisando apenas de internet.

As possibilidades vão desde um sistema completamente customizado e desenhado de forma única de acordo com as necessidades da sua empresa a sistemas mais simples, que se adequam à rotina do dia a dia.

Mas como funciona?

Dentro do sistema ERP podem existir vários módulos separados por departamentos, o que facilita a organização de demandas e urgências. Esses módulos são integrados entre si, gerando informações e relatórios em tempo real.

Não será preciso visitar cada departamento para solicitar relatórios. Dentro do sistema todas as informações já estarão disponíveis através de relatórios consolidados e com uma infinidade de filtros ou especificidades que precisar.

Quais são os benefícios?

O termo mais falado em meio a uma crise é “corte de gastos”. Mas para avaliar onde existem possibilidades de redução de gastos é preciso ter minimamente um relatório que demonstre onde foram aplicados os recursos da empresa durante o mês ou em um período específico.

Uma empresa que utiliza um sistema ERP tem essa informação em poucos minutos e já consegue fazer uma análise simples de como anda a saúde financeira da empresa.

Um ponto muito crítico para empresas que trabalham com vendas é o estoque. É inviável fazer o controle do mesmo sem um ERP de apoio. Além de gerenciar a movimentação do estoque, pode-se montar até mesmo uma estratégia de vendas para reduzir produtos que estão acumulados no estoque.

É preciso destacar também a padronização de processo, desde o atendimento inicial até a entrega do produto/serviço. Isso evita erros e retrabalhos, aumenta a produtividade e qualidade do negócio como um todo.

A cada dia surgem novas regras e obrigações sempre tornando um desafio manter a empresa organizada e com a situação financeira saudável. É imprescindível que exista uma gestão muito assertiva de toda a operação da empresa e o sistema ERP sem dúvida é o primeiro passo a ser tomado para garantir a longevidade do seu negócio.

Mas afinal, como escolher o melhor ERP para o seu negócio? Se você possui dúvidas e precisa de ajuda para fazer essa escolha, a R. Monteiro possui inúmeros parceiros que poderão otimizar o seu negócio.

Share This