O funcionário adquire o direito de 30 dias de férias acrescida de 1/3 após completar 12 meses de vínculo empregatício, desde que não tenha mais de 5 dias de faltas injustificadas no período de direito.

     Após completado os 12 meses do período aquisitivo, a empresa possui o prazo de 11 meses para conceder as férias ao funcionário, evitando o pagamentos em dobro.

     Para que a empresa possa se planejar e não realizar o pagamento de eventuais multas, é importante que o RH realize a programação e controle das férias dos seus funcionários, assim será possível controlar o fluxo de caixa e permitir também que o funcionário possa se programar.

     A R.Monteiro encaminha a cada três meses a programação de férias a seus clientes e sugere que as férias sejam programadas pelo menos a cada 6 meses, se não for possível a programação anual.

     Salienta-se que, as férias promovem descanso ao funcionário, resultando em melhoria na produtividade, redução de riscos de acidentes de trabalho e de esgotamento na função exercida na empresa.

Share This