Se hoje você fosse questionado sobre qual o percentual ou a variação de um determinado departamento, ou produto na sua operação, saberia responder? Se a resposta for negativa, nesse artigo irá descobrir como calcular de forma simples e objetiva a análise vertical e horizontal das suas finanças.

É importante primeiramente sabermos a diferença entre análise vertical e horizontal e quais as vantagens desses relatórios para te auxiliarem durante sua rotina.

O que é análise vertical e horizontal

A análise vertical literalmente olha para o resultado da empresa de formal vertical e horizontal sendo que:

  • Na análise vertical o objetivo é saber qual a relevância de determinada conta em relação ao seu resultado total;
  • Já na análise horizontal, conseguimos identificar a variação de cada conta em um determinado período, podendo ser mensal, semestre ou anual de acordo com a necessidade de cada negócio.

Saiba onde encontrar essas informações para realizar os cálculos

Antes de irmos para os cálculos, precisamos entender de onde será extraída essas informações. Você precisará ter em mãos alguns relatórios contábeis como o Balanço e a DRE (demonstração de resultados) da empresa. Há também a possibilidade de realizar a mesma análise no Fluxo de Caixa.

O balanço é aquele relatório produzido anualmente que demonstra as contas de ativo, passivo e patrimônio líquido da empresa, simplificando esses termos técnicos. No ativo, encontramos os bens e direitos da empresa, como, por exemplo: saldos bancários, estoque, clientes, veículos, máquinas e outros.

Já no passivo, são as obrigações, como, por exemplo: fornecedores, salários e impostos a pagar. Para finalizar o patrimônio líquido, que demonstra o capital social da empresa e os resultados apurados sobre lucro ou prejuízo.

Leia também: Como a R.Monteiro pode contribuir para o controle financeiro?

A DRE (demonstração de resultado) detalha as receitas realizadas no período, que podem ser divididas entre vendas de produtos ou mercadorias e prestação de serviços, dessa receita é deduzindo os impostos devidos de acordo com sua tributação e as demais despesas da empresa, chegando assim no resultado que poderá ser positivo (lucro) ou negativo (prejuízo).

O fluxo de caixa, é toda movimentação de dinheiro da empresa, nesse é possível analisar quais as operações mais causam aumento ou diminuição de caixa em período determinado.

Inicie os cálculos

Agora que já explicamos um pouco sobre os relatórios que serão base para nossa análise vertical, vamos aos cálculos!

Abaixo temos o exemplo de cálculo do ativo de uma empresa, para leitura da tabela:  AV (análise vertical) e AH (análise horizontal):

2020AV2019AH
Conta Corrente R$ 100.000,0033,33 R$     80.000,0025
Contas a Receber R$     10.000,003,333 R$     30.000,00-66,67
Estoque R$     50.000,0016,67 R$     60.000,00-16,67
Ativo Circulante R$ 160.000,0053,33 R$ 170.000,00-5,88
  
Máquinas R$     80.000,0026,67 R$     60.000,0033,33
Veículos R$     40.000,0013,33 R$     25.000,0060,00
Móveis e Utensílios R$     20.000,006,667 R$     20.000,000,00
Ativo não circulante R$ 140.000,0046,67 R$ 105.000,0033,33
  
Total do Ativo R$ 300.000,00100 R$ 275.000,009,09
     

A análise vertical nesse exemplo compara a relação de cada linha com o total do ativo, transformando essa operação em fórmula seria:

Conta Correntex100 R$ 100.000,00x100=33,33%
Total do Ativo R$ 300.000,00

E análise horizontal é a comparação referente a variação entre períodos, conforme fórmula abaixo:

(Ano Atual/Ano Anterior -1)x100
(R$ 100.000,00/R$ 80.000,00 -1)x100=25%

Um ponto interessante para destacarmos na variação horizontal é que ela poderá ser positiva, se o saldo da conta aumentou em comparação ao ano anterior ou negativa, se o saldo diminui em relação ao ano anterior.

Todos esses cálculos poderão ser aplicados para análise da DRE e fluxo de caixa também. Para facilitar os cálculos, sugerimos a aplicação das fórmulas através de uma planilha.

Agora que já sabemos calcular, qual benefício desta análise?

Com a análise vertical é possível identificar de forma mais clara e objetiva quais as principais variações através de percentuais e assim realizar um plano de ação para diminuir gastos, aumentar caixas e inúmeros outros benefícios.

Se interessou pelo tema e precisa de ajuda para analisar seus relatórios? Entre em contato conosco, nossa área Contábil está pronta para lhe auxiliar nesse tema.

Share This